Como potencializar o aprendizado através de Jogos de Negócios

  • Posted by Ricardo Spinelli de Carvalho
  • On outubro 31, 2017
  • 0 Comments

Fechamento de Curso:
Tradicionalmente, Jogos de Negócios são disciplinas de fechamento de um MBA ou Pós-Graduação, onde os alunos têm a oportunidade de utilizar, na prática, em um ambiente competitivo e próximo a realidade empresarial, os conceitos ministrados nos vários cursos de uma pós-graduação nas áreas de Gestão, Negócios ou Empreendedorismo. Tal prática se demostra uma forte ferramenta de aprendizado, pois permite que o aluno pratique os conceitos de forma integrada e holística. É interessante fazer a analogia com um curso de tênis ou futebol teórico, onde se aprende o conceito de golpes de tênis como o “back-hand”, “Slace”, “Smash” e Saque. Na teoria não são tão difíceis de entendê-los quando apresentados de forma conceitual e individual, mas ao se chegar à prática e, posteriormente, em momentos de competição, é necessário que haja treino para a evolução e compreensão de diferentes “golpes” e “estratégias competitivas”, buscando a transformação do conhecimento teórico em competência práticas e atingimento de resultados. Neste aspecto as metodologias apresentadas em Jogos de Negócios, permitem uma experiência e prática semelhante às aulas práticas de tênis e campeonatos secundários, antes de se chegar aos jogos decisivos.

Dentro de uma disciplina:
Outra forma interessante de se utilizar um Jogo de Negócios é em conjunto com disciplinas como Marketing, Contabilidade ou “Árvores de Decisão”, por exemplo. Neste caso, as rodadas do Jogo de Negócios são utilizadas como estudos de caso dinâmicos, onde o professor utiliza a simulação para exemplificar conteúdos na prática, próximos de uma discussão de casos, onde cada grupo que participa dos jogos poderá aplicar os conceitos e os conteúdos da disciplina dentro do contexto competitivo, de forma prática e de acordo com a visão estratégica do grupo. Neste caso o professor deverá ter uma análise prévia dos momentos e situações que irão ser explorados com os alunos em sala de aula, em conjunto com as rodadas do Jogo de
Negócios.

De acordo com a velocidade e formato necessários da disciplina: 
Os dois formatos acima, exemplificam a possibilidade de adaptação e flexibilização do tempo de uma disciplina de Jogos de Negócios de acordo com a necessidade. Isso está ligado à quantidade de conceitos que se deseja exercitar e com qual profundidade. No primeiro exemplo citado acima, ao final de um curso de Pós-Graduação, espera-se que o participante esteja bem familiarizado com os conceitos. Portanto, pode-se rodar o Jogo de Negócios em um formato com menos discussão teórica, uma vez que a teoria já foi abordada anteriormente. Dessa maneira, espera-se que estes cursos possam ser ministrados entre 20 a 36 horas. Já quando buscam por uma utilização do Jogo de Negócios com um “Case” dinâmico, como em nosso segundo exemplo ilustrado, procura-se adicionar mais discussões de “estudo de casos” e análises às rodadas de decisão do Jogo de Negócios, assim o curso deverá ser desenhado de forma mais extensa chegando de 60 a 72hrs. Ambos os casos devem ser desenhados de acordo com os objetivos de aprendizado.

.

 

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *